Uma história sobre Sugar Babies ao longo da história

Por admin em

Uma história sobre Sugar Babies ao longo da história

Sugar Babies não são novidade. As mulheres têm trocado sua juventude e beleza pela segurança econômica por séculos.

Um absurso mas nos tempos romanos, uma menina foi considerada pronta para o casamento por volta dos 14 anos. Algumas moças se casaram tão jovens quanto os doze e treze anos. O pai de uma menina organizou seu casamento. Considerações econômicas foram tipicamente o  fator mais importante. Muitas mulheres se casaram com homens significativamente mais velhos – homens que podiam pagar por elas, cuidar deLas e cuidar financeiramente de qualquer filho.

Nos tempos medievais, culturalmente, as meninas em idade de casar tinham apenas doze anos de idade.
As meninas normalmente não tinham escolha com quem se casariam. Elas não conheciam o noivo antes do casamento. O casamento era organizado pelos pais da noiva e do noivo. Meninas casadas na adolescência; meninos se casavam aos seus vinte anos. Mais uma vez, as preocupações eram as mesmas. O noivo poderia apoiar financeiramente sua esposa e seus futuros filhos? A noiva era suficientemente bonita – e virginal?

Mesmo hoje, homens ricos e poderosos continuam sendo atraídos e se casam com mulheres significativamente mais jovens e pobres.

Alguns exemplos recentes no mundo disso seriam:

Hugh Hefner, 86 anos, casado com Crystal Harris, 26 anos (60 anos de idade)

Donald Trump, de 58 anos, casado com Melania Knauss, 34 anos (24 anos de idade)

Não vou citar nomes brasileiros mas você conhece muitos casos assim por aqui.

No norderte do país temos muitos casamentos desta forma por questões culturais e regionais.

Alguns homens não se casam com as mulheres mais jovens e pobres. Em vez disso, eles vão escolher fazer dela uma amante. Isso ocorre porque esses homens geralmente já são casados. Eles querem uma segunda amante secreta.

Quem é amante, então? Historicamente, o termo significa uma “mulher mantida” – uma mulher que foi completamente apoiada por seu amante, de modo que ela estaria sexualmente disponível para ele sempre que seu desejo surgisse.

Ao longo da história, ter uma amante tem sido um símbolo de status para os homens. Ter uma amante era mais comum entre a realeza, a

A nobreza e os comerciantes. Qualquer homem que pudesse bancar os custos de vida de uma amante normalmente mantinha uma.

Quem eram essas amantes? Jovens mulheres das classes mais baixas que aspiravam casar-se com seus amantes ou casar com homens de outro nível alto. As amantes eram mantidas tipicamente enquanto eram jovens, bonitas e divertidas. O objetivo de uma amante teria sido tornar-se tão inestimável para o homem dela, de modo que ela não fosse descartada quando envelhecesse .

A definição moderna de uma amante não mudou muito da definição histórica.

Uma amante é uma mulher que mantem um relacionamento com o companheiro ser serem casados. Seu parceiro, o Sugar Daddy, geralmente é casado. Por alguma razão, seu Sugar Daddy não está interessado em se divorciar de sua primeira esposa e se casar com sua amante. Geralmente porque ele está contente com o casamento e

seus filhos, mas quer mas diversão, sexo mais freqüente ou exótico do que sua esposa está disposta a ter. A amante é mantida para fornecer-lhe essas fantasias e aventuras que sente falta no casamento atual.

Geralmente, o relacionamento de amante / Sugar Daddy é estável e semi- permanente. O casal não mora junto. O relacionamento é geralmente, mas nem sempre, secreto.

O Sugar Daddy paga algumas ou todas despesas e pode fornecer-lhe dinheiro para gastar.

Com a introdução da tecnologia, mais e mais mulheres têm achado mais fácil entrar discretamente no tipo de relacionamento sugar como sugar baby. Nos anos 90, os anúncios pessoais de telefone e jornal permitiram que homens e mulheres procurassem essas relações com o máximo de discrição pelo mundo.

As sugar babies tornaram-se cada vez mais comuns a partir de meados dos anos 2000, com o surgimento de sites promovendo relacionamentos com Sugar Babies, anúncios on-line.

Categorias: mundosugar

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *